logotipo tvi24

Estúdio de «The Hobbit» foi atingido por incêndio

Portsmouth Miniatures Studio já foi utilizado para a rodagem de «O Senhor dos Anéis»

Por: Redacção / IGP    |   2010-10-01 12:28

Um estúdio que ia ser usado para as filmagens de «The Hobbit» foi atingido por um incêndio de grandes proporções, esta sexta-feira na Nova Zelândia. Uma porta-voz do Portsmouth Miniatures Studio disse ao site da revista «The Hollywood Reporter» que ninguém ficou ferido neste incidente e que nenhum filme se encontrava em produção naquele estúdio.

Não foram, no entanto, reveladas mais informações nem sobre as causas, nem sobre a extensão do incêndio, que se prolongou durante três horas.

O Portsmouth Miniatures Studio já tinha sido utilizado para a rodagem de filmes, como a trilogia «O Senhor dos Anéis» ou o remake de «King Kong», de 2005. Matthew Dravitzki, representante da produtora de Peter Jackson, a Wingnut Films, afirmou que o estúdio também ia ser utilizado para a rodagem de «The Hobbit».

O porta-voz considera que este incêndio vai ser muito prejudicial, visto que aquele era um dos únicos estúdios do mundo a filmar, com qualidade, cenários em miniatura.

Este é apenas um dos muitos problemas que têm afectado a produção de «The Hobbit»: a película tem sofrido vários adiamentos, já trocou de realizador (de Guillermo del Toro para Peter Jackson) e, neste momento, Jackson pondera filmar a longa-metragem no Leste Europeu, devido ao boicote de um sindicato na Nova Zelândia.

Partilhar
EM BAIXO: Peter Jackson
Peter Jackson

Avanca 2014 distingue «O Último Inverno»
Do realizador iraniano Salem Salavati
BES: depositantes podem estar tranquilos
A proteção dos depositantes está consagrada na lei e «constitui prioridade máxima do Banco de Portugal em qualquer situação». E o Banco de Portugal revelou que não retirou a idoneidade a Ricardo Salgado
Divulgado o trailler pouco erótico de «Fifty Shades of Grey»
Filme tem estreia marcada para o próximo dia dos namorados
EM MANCHETE
Gaza: Obama pede cessar-fogo a Israel
Presidente dos EUA telefonou a Benjamin Netanyahu para «deixar claro» que quer tréguas «imediatas e duradouras»
Saída de Maria Luís? «Dá a sensação que é fim de Governo»
Catroga diz que memorando podia ter sido melhor