logotipo tvi24

Universidade de Coimbra é das mais procuradas na Internet

«Há um esforço imenso para que o site seja interactivo»

Por: Redacção / CP    |   2009-01-23 12:51

A Universidade de Coimbra é a 14ª universidade europeia com maior visibilidade e presença na Internet e a 43º do mundo, segundo o mais recente ranking do International Education Directory of Colleges and Universities (4ICU), citado pela Lusa.

O ranking das 200 instituições de ensino superior em todo o mundo mais vistas na Web é estabelecido anualmente pelo 4ICU, com base na popularidade dos seus sites.

A selecção abrange 8.750 universidades classificadas em 200 países. Os indicadores são retirados dos motores de busca Google, Yahoo e Alexa, que permitem avaliar a popularidade do website de cada universidade.

As líderes europeias e mundiais

Apenas mais uma universidade portuguesa figura neste ranking, a Universidade do Porto, colocada em 54º lugar no Top 100 da Europa e em 169º lugar no Top 200 mundial.

As universidades europeias mais populares na Web são as de Cambridge e de Oxford (Reino Unido) e a Moscow State University (Rússia). Instituições de ensino superior dos Estados Unidos ocupam os primeiros sete lugares do ranking mundial, encabeçado pelo Massachusetts Institute of Technology.

É a primeira vez que a Universidade de Coimbra surge neste ranking e nunca antes Portugal tinha ocupado uma posição tão elevada.

Site até tem um canal Youtube

«Esta classificação é o corolário de um esforço persistente de colaboração com uma plataforma de dezenas de subgestores do site, cuja reestruturação ficou completa no final de 2007, passando a ser bilingue», disse à Lusa o vice-reitor da Universidade de Coimbra.

«Há um esforço imenso, para que o site seja interactivo, incluindo um canal Youtube, com possibilidade de comércio electrónico para a rede dos antigos estudantes», afirmou.

De acordo com a contabilidade interna da UC, o site é visto diariamente por cerca de 3.500 pessoas, estando aprovado com «boas práticas de segurança e fiabilidade» pela Associação Portuguesa de Certificação de Sites.

Partilhar
EM BAIXO: Queima das Fitas
Queima das Fitas

«Instagram» abre portas ao «hyperlapse»
Os vídeos em «fast-motion» chegaram ao iPhone
Esta é a melhor imagem de sempre de um choque de galáxias
Descoberta de uma equipa liderada pelo português Hugo Messias
Portugueses descobrem caminho para tratamento de leucemia infantil
Trabalho da equipa de investigadores do Instituto de Medicina Molecular da Universidade de Lisboa foi publicado na revista Oncogene
EM MANCHETE
Schäuble: «Draghi foi mal interpretado»
Ministro das Finanças alemão põe água na fervura europeia em vésperas do Conselho Europeu extraordinário
Idosos um mês nos hospitais à espera de vaga nos lares
Gaza: cessar-fogo respeitado esta noite